Fundamentos Internacionais Master Kanban

Steen Lerche-Jensen

1.6. Ideia básica por trás do conceito Kanban

O método Kanban é uma estrutura evolutiva de gerenciamento de mudanças, na qual o processo existente é aprimorado em pequenos movimentos. O risco é bastante reduzido com a realização de muitas alterações menores em vez de grandes. Essa abordagem evolutiva das regras do Kanban não causa quase nenhuma resistência entre as equipes e as partes envolvidas.

O primeiro processo no método é visualizar uma ideia do fluxo de trabalho. Isso ocorre através do método de um quadro, que inclui quadros simples e post-its ou cartões. Onde cada cartão representa os trabalhos a serem feitos.

Kanban Method

Basicamente, existem três seções em um modelo de quadro do Kanban, exatamente como mostrado acima:

  • “A Fazer”: Esta seção mostra todas as tarefas que ainda precisam ser concluídas.
  • “Fazendo”: esta coluna inclui as tarefas que estão atualmente em andamento pela equipe.
  • “Concluído”: mostra todas as tarefas concluídas na equipe.

Essa simples conceitualização e visualização podem causar uma enorme transparência na divisão de trabalho, bem como gargalos existentes podem ficar evidentes. O quadro do Kanban pode retratar fluxos de trabalho elaborados com base na sua complexidade e na necessidade de visualizar e examinar seções exatas desse fluxo para apontar, remover ou mitigar os gargalos.